Quarta-feira, 27 de Abril de 2005

COLIGAÇÕES MARTELADAS PARA QUÊ?

masc.jpg

As Coligações entre Partidos não são fatalidades. Nem obrigações. Existem quando existem, existindo as condições (vontades leais servidas com boa fé, comunhão mínima de projectos, capacidade de articular a tradução concreta em lugares e responsabilidades). Uma Coligação mal parida é o pior que pode acontecer. Porque então, como fonte de equívocos, acaba por funcionar mal e, por isso, é um engano servido aos eleitores.

Do ponto de vista da Esquerda, é lamentável que a “nossa esquerda” não se entenda no confronto com a Direita nas próximas eleições autárquicas (sobretudo nas grandes cidades, no mínimo em Lisboa e Porto). Mas, pela dinâmica desconfiada que se estava a gerar, é bom que as forças de Esquerda se apresentem separadas. Pesem os riscos de a Direita beneficiar disso, no mínimo, a escolha eleitoral será mais genuína. Mais saudável politicamente, portanto. E com o PS no poder governativo, o PCP a reforçar a sua caracterização m-l e o BE em permanente festa de crescimento, o desfecho era mais que previsível.

As últimas eleições, no concelho de Lisboa, deram 42,28% ao PS, 8,71% ao BE e 8,23% à CDU (PCP + PEV). Exigir, como fez o PCP, que na Coligação para a CML houvesse paridade entre PCP e PS e entre o BE e o PEV, não tem a mínima seriedade política. O PEV, que nunca se soube quanto vale por si (deve valer tanto como o POUS da Carmelinda…), equiparado ao BE, que teve uma votação superior à CDU, não lembra ao diabo. Equiparar o PCP a uma força (PS) que vale mais que cinco vezes os seus votos, seria uma aldrabice atirada à cara do eleitorado. Nestas condições, a Coligação pretendida pelo PCP não passaria de obra de engenharia eleitoral sem qualquer correspondência com as inclinações do eleitorado. Uma burla, portanto.

As Coligações de Esquerda foram-se. Uma pena. Mas antes isso que martelar verdades e vontades eleitorais.
publicado por João Tunes às 02:27
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Joo a 29 de Abril de 2005 às 12:40
Caro Werewolf, ele lá sabe, ele lá sabe. Para já diz que vai ganhar a CML e termos na presidência esse bonzo trapezista de ideias chamado Ruben. Ainda vamos ter Lisboa transformada numa imensa Festa do Avante (o problema é que, assim, lhe fico sem a vizinhança, pois tenho a Quinta da Atalaia ao alcance do olhar pela minha janela...). E vocês? Levam com a Festa da Alegria? Abraço.


De Werewolf a 28 de Abril de 2005 às 00:27
Ora aí está o bom velho e duro PCP a recuperar práticas que alguns pensavam já não existirem. Então o homem até sabe dar uns passos de dança e perde a voz quando dela mais precisa, até tinha sido uma surpresa, quando toda a gente estava à espera de um cara-de-pau tipo Brejnev. Já não há justiça no mundo...

Vá lá dêm mais lugares ao PCP-PEV que sem eles a câmara vai para a direita.

Já não há pachorra.

Abraço, meu caro amigo.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. UM ÁS DO CASTRISMO

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. ENTÃO, O QUE TENS FEITO ?

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. QUE FORÇA É ESSA?

.arquivos

. Setembro 2007

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds