Segunda-feira, 18 de Abril de 2005

MURALHAS COM MUITO PARA CONTAR

KremlinGR[1].gif

Um excelente livro para viagens de transporte público de média duração. Apesar da má tradução e péssima revisão.

Vladimir Fedorovski andou pelos corredores do Kremlin, conheceu muitas personagens, vasculhou arquivos hoje disponíveis, depois oferece um fascinante trajecto através da história sobre os bastidores e maldições que habitam a Praça Vermelha desde a sua construção até aos dias de hoje. No fundo, a constância de uma tirania asiática que atravessou séculos, interesses e ideologias. Difícil de sacudir como se a maldição da opressão, levada ao extremo, tivesse penetrado nas muralhas avermelhadas.

Não é um livro de História mas não trai o rigor histórico. Claro que o conceito de continuidade, um pouco determinista, é mais que discutível. Mas o facto é que se a liberdade ainda ali não morou como podia dali irradiar?

(”O ROMANCE DO KREMLIN”, VLADIMIR FÉDOROVSKI, Editora Livros do Brasil.)
publicado por João Tunes às 17:27
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. UM ÁS DO CASTRISMO

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. ENTÃO, O QUE TENS FEITO ?

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. QUE FORÇA É ESSA?

.arquivos

. Setembro 2007

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds