Quinta-feira, 14 de Abril de 2005

LULA EM BISSAU

vrias266[1].jpg

Nos caminhos da lusofonia é preciso ter cabedal de artes apropriadas para juntar peças tão diferenciadas. Porque, nesta orquestra, tudo parece fácil mas não o é. Ao mesmo tempo, constroem-se identidades e diversidades. E coser roupa com estes panos é coisa para artista. E tudo que seja pressa pode parecer ímpeto de domínio. Tudo o que sejam vagares, aparenta desinteresse. Não é fácil ser prior em tal freguesia. Não, não é.

A visita do Presidente Lula à Guiné-Bissau, que tenho acompanhado através do Jorge Neto, parece estar a ser uma lição como os governos e povos se podem aproximar, até unir, desde que dominem a arte da diplomacia suportada pela sensibilidade ao outro.

Aprenda quem for capaz de aprender.
publicado por João Tunes às 23:39
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. UM ÁS DO CASTRISMO

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. ENTÃO, O QUE TENS FEITO ?

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. QUE FORÇA É ESSA?

.arquivos

. Setembro 2007

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds