Domingo, 10 de Abril de 2005

CINCO CIDADES E PICOS (4)

gijon-escudo(1)[1].jpg

Santander, de marginal longa e aprazível e com a cópia da estátua de Franco a cavalo que Madrid já meteu num armazém. Pouco mais. Adelante.

Oviedo, com espaços floridos e fabuloso enquadramento da mãe-natureza. Não é pouco. Adelante.

Gijón, cidade a abraçar o mar e de atmosfera a convidar que se dê ordem de mudança das traquitanas para se ir para lá viver até ao resto dos dias. A alma da cidade não engana. Sem a demasiada turbulência de outras grandes cidades, ali apetece andar sem compromisso de termo, estendendo os olhos e trocando falas, demorar numa livraria e acabar num café calmíssimo para ler e fazer a paz com a vida. Até à hora das tapas. Para depois recomeçar. Porque, não o sendo, Gijón parece que foi feita para se andar, olhar, conversar devagar e ler, pinchar algo e ler. Sempre com o mar aos pés e nos olhos. Já por aqui tinha dito que a cidade espanhola de que mais gostava, por nela me sentir em casa, era Valência. Pois ninguém é eterno campeão. A taça mudou de mãos. Agora: Gijón, olé!

Vigo, simpatiquinha mas demasiado parecida com o Porto. Hora de voltar a casa.

(imagem - escudo de Gijón)
publicado por João Tunes às 01:13
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. UM ÁS DO CASTRISMO

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. ENTÃO, O QUE TENS FEITO ?

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. QUE FORÇA É ESSA?

.arquivos

. Setembro 2007

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds