Domingo, 3 de Abril de 2005

RAÚL RIVERO EM ESPANHA

Imagens antigas 017.jpg

Raúl Rivero, cubano, jornalista e poeta, um dos presos de Castro mais incómodos para a ditadura cubana, veio viver para Espanha na companhia da sua mulher. Foi recebido por Zapatero a quem agradeceu o muito que fez pela sua libertação.

Espero que Raúl Rivero use a liberdade que lhe foi negada no seu País para agora escrever sem machado a tentar cortar-lhe a raiz às palavras. Digo-o, fiando-me na esperança (ou ilusão) que a auto-censura não tomará o lugar da censura dos esbirros da Ilha-Prisão-Praia. Mas fica-me a dúvida sobre se alguém de um País aprisionado numa ditadura consegue ser verdadeiramente livre a viver numa liberdade emprestada. Oxalá Raúl Rivero nunca esqueça que não deve só a sua libertação e direito ao exílio a Zapatero e não queira pagar o que lhe deve com o compromisso do silêncio.

Por mim, com Rivero ou sem Rivero, Rivero a falar ou Rivero calado, fico feliz por Rivero ter agora o acolhimento de Espanha democrática no lugar das masmorras castristas, mas não esqueço, não posso esquecer, as dezenas de jornalistas e outros presos de consciência que continuam a penar devido ao ódio paranóico de Fidel Castro à liberdade.

Adenda: A não perder a leitura desta transcrição de notícia no Fumaças.
publicado por João Tunes às 17:57
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. UM ÁS DO CASTRISMO

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. ENTÃO, O QUE TENS FEITO ?

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. QUE FORÇA É ESSA?

.arquivos

. Setembro 2007

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds