Domingo, 3 de Abril de 2005

DELÍRIO SOBRE UMA PERESTROIKA PAPAL

fnac[1].jpg

Pensava eu, em laica ignorância, que ser eleitor e ser elegível para Papa eram privilégios de Cardeal. Afinal, só o primeiro dos privilégios é verdadeiro. Pode ser eleito Papa um não Cardeal – um bispo, um padre ou até alguém que nem sequer seja sacerdote (nesse caso, seria ordenado no dia da eleição).

Assim sendo, está em aberto a oportunidade de um grande sinal de modernidade da Igreja Católica ao mundo - uma perestroika a pedir meças à da implosão do socialismo real -: os senhores Cardeais elegerem, para próximo(a) Papa, uma negra lésbica (e católica devota, é claro). Seria um três em um - punha-se termo à descriminação da mulher no seio da Igreja Católica, mostrava-se a rejeição pelo racismo e dava-se sinal positivo à liberdade perante a orientação sexual. O mundo ficaria mais arejado e a Igreja ganhava, pelo menos, mais um crente (porque até nem sou de difícil conversão). Problema ou oportunidade?
publicado por João Tunes às 00:09
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Joo a 5 de Abril de 2005 às 11:37
A th é uma extremista (trotskista talvez...)! Eu sou mais modesto: step by step.


De th a 5 de Abril de 2005 às 01:56
Mulher, negra e lésbica...hum, 3 em uma...hum!
eu aposto mais em 5 em uma, a saber:mulher, negra,lésbica, sul-americana e jovem!


De Joo a 3 de Abril de 2005 às 18:41
Caro Werewolf, eu não sou munícipe da CML. A "minha" Câmara é a do Seixal. O que não representa menos respeito para com a Câmara de Lisboa. Sempre é a Capital! (e acho normal que qualquer País tenha uma Capital). Obrigado pelas tuas palavras de amizade e incentivo. Abraço.


De Werewolf a 3 de Abril de 2005 às 10:47
Viva João, estás de volta e mordaz como sempre. É bom voltar a ler os teus artigos e contar com o teu convívio. Post interessante, santa ignorância, eu também pensava que só os cardeais e alguns bispos podiam ser eleitos Papa, se é como dizes ora está uma possibilidade única de modernização da Igreja para o século XXI, seguindo as pisadas do nosso ex-primeiro (infelizmente tu ainda o tens que aturar na câmara de Lisboa) talvez até o conclave devesse ser feito por teleconferência e o Vaticano deveria mudar todos os anos para uma qualquer cidade em qualquer parte do mundo.
Abraço e bem vindo João


De Emanuel Saramago a 3 de Abril de 2005 às 01:00
Eu não sou religioso, simplesmente porque se a religião existe não sei qual religião hei-de escolher, além disso pode muito bem não existir, a chave do conhecimento pode estar longe de ser descoberta; a religião é apenas a forma mais fácil de responder às perguntas que toda a gente faz mas que ninguém sabe a resposta.
Mesmo assim achei que devia comentar este post porque acho que em tudo, seja na religião, na política ou em qualquer outra coisa, o seu "presidente" deve ser, não o mais polémico (neste caso a lésbica negra), mas sim o melhor. Em todo o Mundo não deverão existir muitas lésbicas negras que façam parte da igreja católica, por isso deve ser muito difícil que, num nicho tão pequeno, seja encontrado(a) o(a) Papa ideal.
Isto é como um maluco se candaditar a Presidente da República e toda a gente votar nele só porque ele passou uma vida muito díficil e porque temos pena dele (pronto, também não cheguemos tão longe...).


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. UM ÁS DO CASTRISMO

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. ENTÃO, O QUE TENS FEITO ?

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. QUE FORÇA É ESSA?

.arquivos

. Setembro 2007

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds