Quarta-feira, 2 de Março de 2005

TAMBÉM LI E NÃO QUERIA ACREDITAR…

trial[1].jpg


PARTICIPAÇÃO AOS INTERESSADOS
Na impossibilidade de contactar pessoalmente as pessoas envolvidas o padre Nuno Serras Pereira, sacerdote católico, vem por este meio dar público conhecimento que, em virtude do que estabelece o cânone 915 do Código de Direito Canónico,
está impedido de dar a sagrada comunhão eucarística a todos aqueles católicos que manifestamente têm perseverado em advogar, contribuir para, ou promover a morte de seres humanos inocentes
quer através de diversas pílulas, do DIU, da pílula do dia seguinte - ou outras substâncias que para além do efeito contraceptivo possam ter também um efeito letal no recém concebido; quer por meio das técnicas de fecundação extra-corpórea, da selecção embrionária, da crio perseveração, da experimentação em embriões, da investigação em células estaminais embrionárias, da redução fetal, da clonagem...; quer através da legalização do aborto (votar ou participar em campanhas a seu favor), o que inclui a aceitação ou concordância com a actual «lei» em vigor (6/84 e seus acrescentos); quer ainda pela eutanásia.
O respeito pelo culto e pela reverência devida a Deus e a Seu Filho sacramentado, o cuidado pelo bem espiritual dos próprios, a necessidade de evitar escândalo, e a preocupação pelos sinais educativos e pedagógicos para com o povo cristão e para com todos são razões ponderosas que, seguramente, ajudarão a compreender a razão de ser deste grave dever que o cânone 915, vinculando a consciência, exige dos ministros da Eucaristia.
Da parte de Nosso Senhor Jesus Cristo convida todos ao arrependimento e à retractação pública, para que refeita a comunhão com Deus e a Sua Igreja possam receber digna e frutuosamente o Corpo do Senhor.
a)_________________________
Pe Nuno Serras Pereira

Nota: Anúncio do «Público», de hoje, pg. 16
publicado por João Tunes às 17:17
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De DNN a 3 de Março de 2005 às 18:05
"(...)A posição que a Igreja Católica tem sobre o uso do preservativo não é nova. É chata. É parva. Mas não é nova. Quem quer, quer, quem não quer, não brinca. Mas vir um padre pôr anúncios nos jornais avisando que não dá comunhão a quem use preservativo, roça o cúmulo do ridículo.(...)"

Ana Kotowicz disse-o hoje n'A Capital.


De docerebelde a 2 de Março de 2005 às 21:50
Incrível mas verdadeiro! O fanatismo permite estas e outras semelhantes. O melhor mesmo é MENTIR...MENTIR...e voltar a MENTIR..! É uma das soluções possiveis ás pessoas que gostam de cumprir com as práticas exercidas na igreja. Tudo de bom......bjs


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. UM ÁS DO CASTRISMO

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. ENTÃO, O QUE TENS FEITO ?

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. QUE FORÇA É ESSA?

.arquivos

. Setembro 2007

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds