Sábado, 26 de Fevereiro de 2005

PORMENOR

Alguém reparou num pormenor que me escapou no post anterior em que devia referir um dado essencial para entender o turismo cubano? È lógico que não se tenha reparado. Denunciar o regime castrista parece ser exclusiva obra de direita. Para a esquerda-esquerda, o mal começa em Miami. E os de direita têm melhor para fazer que espreitar aqui.

Mas eu não gosto de deixar as coisas por acabar. Então aqui fica: embora o turismo ocupe 200.000 cubanos, a nenhum cubano é permitida a entrada e usufruto em qualquer meio da estrutura turística instalada no seu País (inclusive tomar banho nas praias reservadas ao turismo estrangeiro).
publicado por João Tunes às 21:38
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Joo a 27 de Fevereiro de 2005 às 15:16
Pois, num reino do interdito, é assim.


De IO a 27 de Fevereiro de 2005 às 00:14
Mas tu já viste que mal é que parecia a mistura?... não, quem serve não pode, de modo algum, dar-se a intimidades com os que são servidos! _ servindo Fidel, óbvio!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. UM ÁS DO CASTRISMO

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. ENTÃO, O QUE TENS FEITO ?

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. QUE FORÇA É ESSA?

.arquivos

. Setembro 2007

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds