Quarta-feira, 23 de Fevereiro de 2005

O PÃO

palentej.jpg

Convinha que cada um amassasse o seu próprio pão para não deixar ao belzebu a tarefa de ser ele a servir-nos, servindo-se no comércio das almas.

Nos meus desvarios utópicos, vejo como princípio de igualdade que cada um amassasse o pão que come e só a partir daí as desigualdades se espraiassem. Mas, na hora do pão, cada um comesse pelo seu mérito. Depois, só depois, viria a diferença pelo saber feito ter mais ou ter menos. Que me parece um bom lenitivo para que as diferenças não sejam, à partida, sempre, o ter armado em saber. E falando de pão e de igualdade, o pão alentejano não pode faltar à baila. É mérito de antiguidade e galões no ombro que aos alentejanos não se pode sacar fora.

Acordado de sonhos, sempre me misteriou o fazer o pão. Mas sempre me fiquei pelo deslumbramento mitológico e nunca daí avançando passo. E, urbanizado cedo, as padarias de esquina mataram-me o apetite de avançar mistério dentro. O tacto e o sabor do pão quente depositados em cima do balcão esgotam-me o sonho no deleite do apetite a saciar com moedas em conta.

Tirando a vida, nada na vida alguma vez está perdido para sempre. Como seja aprender a fazer pão. O nosso pão.

A partir de agora, acabam-se as desculpas. O Isodoro ensina-nos e a imagem do António Cunha completa o convite. Quem se atreve, então, a comer pão amassado por outro de quem não se sabe como meteu a mão na massa?
publicado por João Tunes às 18:31
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. UM ÁS DO CASTRISMO

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. ENTÃO, O QUE TENS FEITO ?

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. QUE FORÇA É ESSA?

.arquivos

. Setembro 2007

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds