Quarta-feira, 23 de Fevereiro de 2005

CABRERA INFANTE

infante[1].jpg

Perdeu-se um romancista. Também um exilado e um proscrito. Na sua Cuba, os seus livros fotocopiados trocam-se por géneros no mercado clandestino. Tinha a ambição de voltar a Cuba depois de Fidel se ir. Partiu primeiro que o ditador. Uma razão mais para acreditar que a história não é fanática da justiça.
publicado por João Tunes às 12:06
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De john_doe@hotmail.com a 23 de Fevereiro de 2005 às 12:14
É menos um vendido ao imperialismo que cá fica. Q arda no fogo dos infernos, fascista dum raio...


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.posts recentes

. NOVO POISO

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. UM ÁS DO CASTRISMO

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. SOBRE A EDUCAÇÃO TESTEMUN...

. ENTÃO, O QUE TENS FEITO ?

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. O QUE TEM DE SER A EUROPA...

. QUE FORÇA É ESSA?

.arquivos

. Setembro 2007

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds